Google Street View agora no Brasil

30, set 2010
Página inicial » Google » Google Street View agora no Brasil

O Google Street View já está disponível para os brasileiros. Nesta quinta-feira, 30, a gigante da web lançou oficialmente essa funcionalidade do Google Maps, que contempla 51 cidades. Mais de 150 mil quilômetros de vias foram percorridas e milhões de imagens foram processadas (isso nos Estados Unidos) para que os internautas daqui possam visualizar cenas de 360 graus em ruas de lugares como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, e os históricos municípios mineiros de Congonhas, Mariana e Tiradentes.

Google Street View - Prefeitura de Santo André - SP

Google Street View - Prefeitura de Santo André - SP

Iniciado há cerca de um ano, o projeto teve como parceiro a Fiat, que cedeu 30 Stilos (conduzidos por 60 motoristas) nos quais foram montadas as estruturas tecnológicas responsáveis pela captação de imagens. Essa engenharia, importada dos Estados Unidos, foi complexa e necessitou do envolvimento dos profissionais da montadora. Com a disponibilização dos dados a partir de agora (até o final de semana o serviço deverá estar 100% acessível), Marcelo Quintela, gerente de produto na parte de mapas do Google, diz que uma nova fase no setor está sendo inaugurada.

“O Street View traz os mapas para um novo nível. Ele é uma plataforma de visualização, que conta também com as fotos dos usuários. Não é que estamos trabalhando exatamente um prazo, mas pensamos que ele irá atingir 90% das vias mapeadas no Brasil em dois anos”, afirma.

Flavia Simon, gerente de marketing do Google Brasil, reforça as palavras de Quintela. “O Google Maps já é uma plataforma disponível para campanhas, para projetos de construção de marcas. Com o Street View, a gente pode incluir outros setores, como o turístico. Também pode ser interessante para concessionárias, bares e restaurantes. E outro segmento que pode usufruir bem dessa ferramenta é o mercado imobiliário”, explica. Malu Antônio, gerente de publicidade da Fiat, acrescenta: “A gente optou por fazer essa parceria com o Google porque inovação tem a ver com a Fiat. Em princípio, parece que entramos apenas para sermos os veículos. Mas nossa estratégia tem a ver com esse link de atributo de marca”.

Malu ressalta que a montadora foi a primeira empresa a fechar esse tipo de parceria com o Google. “Outras companhias podem ter entrado também, mas nós fomos os primeiros”.

Concursos

O Google Street View conta com duas ações de marketing especiais para ressaltar a chegada da funcionalidade no Brasil, a primeira nação da América Latina a dispor desse serviço (ele está presente, no total, em 30 países). Uma delas tem a ver com um recurso adicional do Street View: um triciclo montado para fazer o mesmo trabalho do carro, mas em regiões onde o acesso por automóvel não seja possível e por locais como praias, parques e estádios de futebol. Há dois triciclos disponíveis no momento, mas já foram pedidos mais dois para a sede do Google (os veículos são importados).

Foi criado um hotsite para que os internautas possam fazer sugestões de lugares para onde os triciclos poderiam ir. Um concurso elegerá os “20 lugares imperdíveis”. As propostas podem ser enviadas até o dia 18 de outubro, quando alguns locais serão apresentados.

Outra ação é o “Encontre o Pegman”, concurso para que as pessoas localizem o boneco amarelo que caracteriza os lugares no mapa onde o recurso Street View está disponível. Esse personagem dará dicas de onde se está por meio do Twitter (@googlebrasil) e do blog oficial da companhia (googleblog.blogspot.com). Quem o encontrar o boneco e mandar o link do Google Maps para um endereço que estará no hotsite irá concorrer a 20 smartphones equipados com o sistema Android.

(fonte: mmonline)

Receba novidades

Insira seu nome e email para receber novidades da Agência DDA!

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>